10 PASSEIOS EM ILHABELA QUE VOCÊ NÃO PODE PERDER

Posted By : Redação/ 2061 0

Está planejando um período de férias no Litoral Norte? Confira essa lista com 10 passeios que você não pode deixar de fazer em Ilhabela.

Ilhabela merece férias inteiras de 30 dias, quem sabe até mais, para você aproveitar tudo que tem direito. Sem pressa alguma de trocar uma praia pela outra, a piscina pela cachoeira, um curso de mergulho por uma sessão de kitesurfe.

 Como sabemos que não é bem assim que funciona a vida real, separamos esses 10 passeios que você não pode deixar de fazer em Ilhabela. Tem roteiros gerais para que você desfrute ao máximo da ilha. A maioria da lista é mais conceitual, já que não dá para separar apenas 10 atividades, sendo que temos pelo menos 10 estilos de passeios que podem ser aproveitados.

Passeio na Vila

Mais do que obrigatório, apenas deixaremos em nossa lista porque sabemos que, muitas vezes, a passagem é tão rápida que mal dá tempo de parar em qualquer lugar que não seja uma praia já recomendada por um amigo.

O centrinho de Ilhabela é, charme à parte, ótimo para encontrar alguns presentinhos e tomar um chope enquanto a noite cai, ou mesmo um sorvete, com o sol ainda presente. Uma visitinha à Igreja de Nossa Senhora D´ajuda e uma caminhada pelo píer não custam nada e podem fazer do seu dia ainda melhor.

Praia de Castelhanos

A Baía de Castelhanos fica a cerca de 22 km de distância da região urbanizada, bastante coisa, não? Isso significa que será necessário um jipe ou um barco para chegar.

Inúmeras companhias turísticas organizam o passeio, por isso, não se intimide com a distância, até porque a recompensa é surreal de bonita.

Praia do Bonete

Uma praia menor do que a de Castelhanos, especial para surfistas, por conta do mar arredio. A chegada também é através de jipes ou embarcações, a não ser que sua intenção seja a de adentrar a Mata Atlântica através das trilhas. Nesse  caso, é necessário contatar um guia para receber todas as informações e evitar qualquer tipo de complicação.

Cachoeiras

Será um tanto quanto injusto falar em algumas cachoeiras, em uma cidade que tem mais de 350 quedas d´água, mas teremos de fazer isso. A Cachoeira do Gato, por exemplo, é belíssima, mas exige uma caminhada de quase uma hora. A Cachoeira da Lage forma um verdadeiro toboágua, enquanto a dos Três tombos têm acesso mais tranquilo, sem deixar de ser um programa e tanto, principalmente para o espírito.

Mergulho na Ilha das Cabras

Realizar o batismo de mergulho na Ilha das Cabras é outra atração imperdível, ainda mais em uma cidade tão bem estruturada para o mergulho como Ilhabela. Não deixe de conhecer esse verdadeiro santuário natural, contando com o serviço de uma das inúmeras empresas especializadas no ramo. Se animar demais, os cursos mais intensivos estão aí para isso.

Vento a favor

A cidade oficial da vela no País é certamente o local ideal para você desenvolver ou exibir as suas habilidades nos esportes que conciliam o mar com os ventos. Entre outubro e dezembro e março e julho, o canal de Ilhabela se torna uma verdadeira pista de velocidade para as pranchas e embarcações. Então, se adrenalina é o que você procura, já sabe quando chegar.

Trilhas

A Trilha do Pico do Baepi e a Trilha do Pico de São Sebastião são duas das mais punks, se é que você me entende, apenas para turmas e apaixonadas pelo ecoturismo com boas noções de como entrar na mata, além da necessidade de guias, é claro. Essa é uma dica mais específica, de fato, aos que veem Ilhabela como um centro de aventura de alto nível no Litoral Norte.

Boas datas

Procure fazer passeios baseados em datas específicas e especiais na cidade, como a Semana Internacional de Vela, sempre no meio do ano, o Aloha Spirit, em março, ou a Semana Internacional do Jazz, também em julho.

Além das atrações óbvias de cada período, é possível desfrutar de um ambiente muito descolado e interessante na ilha, apenas não deixe para fazer as reservas nos hotéis em cima da hora.

Passeio gastronômico…

Com uma estrutura turística muito bem definida, seu passeio muitas vezes pode ser da porta do hotel até um restaurante local, da especialidade que for. É difícil encontrar tamanha oferta em uma cidade litorânea, por isso, aproveite.

…E noturno.

E no final do dia em Ilhabela, nada melhor do que se juntar com os novos ou velhos amigos para uma cerveja no centrinho de Ilhabela, ou para uma festa um pouco mais agitada nos clubes locais, como o Sea Club e o DPNY.

  Viu, como existem muitas opções de passeios que você pode fazer em Ilhabela?

4 PASSEIOS DE ECOTURISMO EM ILHABELA PARA VOCÊ CURTIR MAIS DE PERTO A NATUREZA

Posted By : Redação/ 1243 0

Viajar para Ilhabela e ficar apenas na parte civilizada da cidade é praticamente um desperdício de momentos inesquecíveis. Descubra alguns caminhos pela Mata que certamente tornarão sua visita ainda melhor.

Para quem acha que as atrações de Ilhabela se limitam às  praias e festas, é melhor dar uma segunda pesquisada, pois está se  esquecendo do simples fato de que o município é considerado a maior ilha marítima do País, o que significa que há muito para explorar por aquelas bandas. Revestida com as cores da Mata Atlântica, muitos passeios de ecoturismo em Ilhabela esperam por você neste cenário, dos níveis mais tranquilos aos mais exigentes.

Antes de se jogar em algum desses passeios de ecoturismo no Parque Estadual da Mata Atlântica, é essencial manter-se atento a alguns detalhes. O primeiro é o de sempre contar com guias ou empresas que promovam essas jornadas, a não ser que você seja um “profissional” nas trilhas e saiba exatamente o que está fazendo.

Além disso, para fazer esses passeios de ecoturismo em Ilhabela, procure se preparar fisicamente para uma aventura dessas: quando falamos em nível de dificuldade alta, por exemplo, falamos de uma trilha com cerca de quatro horas de duração, com incontáveis momentos de subida íngreme, até atingir algum dos picos da região. Achar que vai ser a mesma coisa que um passeio no parque é um erro crasso.

Também é importantíssimo munir-se de tudo aquilo que salvará sua vida durante o caminho, como água em abundância, kit de primeiros socorros, uma boa bota que não machuque o pé, repelente, protetor solar, enfim, as companhias que organizam as imersões na Mata já indicam o que é primordial, então, não vá  esquecer algum dos elementos em casa.

O mais importante: aproveite demais a experiência. O Parque Estadual de Ilhabela é realmente fantástico, com opções que vão desde a boa e velha caminhada, que leva a pontos exuberantes, como a Praia do Bonete, até a prática de esportes mais radicais, como o rapel.

Trilha do Pico do Baepi

Lembra quando falamos da trilha que tem que ser percorrida por quase quatro horas, com nível de dificuldade considerado alto? Era exatamente da trilha do Pico do Baepi que estávamos falando.

O Pico do Baepi tem 1.058 metros de altura e, como bem sabemos, precisamos chegar lá de algum jeito. A subida não é fácil, devemos admitir, mas acho que você já pode mensurar quão espetacular é a vista lá de cima, não? É possível avistar as outras montanhas, o canal de São Sebastião (que fica entre Ilhabela e a cidade), além da Serra do Mar. Esse é o tipo de percurso que exige acompanhamento e permissão, ok?

Trilha do Bonete e Cachoeira da Lage

Para quem dispõe de tempo para ficar em Ilhabela, a Praia do Bonete é um dos destinos necessários, daqueles que não podem ficar de fora do roteiro. Ela fica do outro lado da ilha, voltada ao oceano, sendo assim, nada como atravessá-la para chegar lá e, de preferência, ficar ao menos uma noite.

São 13 km de trilha esburacada, antes disso é possível chegar com um jipe até a Ponta de Sepituba. No meio do caminho, algumas cachoeiras para deixar o percurso ainda melhor. O nível de dificuldade é considerado médio, já que não estamos subindo nenhum pico.

Trilha do Pico de São Sebastião

Essa aqui vai para ecoturistas de plantão, verdadeiros highlanders da mata. São oito horas de caminhada até o Pico de São Sebastião, com seus 1.379 metros. É necessário levar itens para acampamento, assim como garantir a companhia de um guia experiente na ilha.

Trilha da Cachoeira dos Três Tombos

Calma, tem opções de ecoturismo em Ilhabela para todos. A trilha da Cachoeira dos Três tombos dura cerca de 40 minutos, com entrada bem próxima da Praia da Feiticeira. Apesar da curta caminhada, é possível chegar em três pontos bem interessantes, um tobogã natural, uma cachoeira bem grande e uma piscina, também natural, obviamente. Justamente aqui é possível praticar rapel.

Gostou dessas dicas de passeios de ecoturismo em Ilhabela? Não se esqueça de deixar seu comentário e compartilhar com seus amigos aventureiros.

 

ONDE FICA ILHA BELA? UM GUIA COMPLETO PARA SUA PRÓXIMA VIAGEM

Posted By : Redação/ 1209 0

Impossível chegar em Ilhabela e não se sentir naturalmente encantado já na primeira vista para o mar. Aproveite as dicas para curtir ainda mais.

O cenário em Ilhabela é surreal. A estrutura? Digna de uma cidade turística preparada para receber os viajantes. Estabelecimentos oferecendo ótimos serviços, centrinho charmoso e aconchegante, praias afastadas e pouco alteradas. Olha, é bem difícil começar a escrever qualquer coisa sobre a cidade de Ilhabela sem apelar para a “rasgação de seda”.

A maior ilha marítima do Brasil merece todos esses elogios, não há o que questionar. Não são poucos os brasileiros e estrangeiros que sabem muito bem do que estamos falando. A vocação turística é tanta que a cidade recebe até cruzeiros marítimos, como se não bastassem aqueles que chegam para velejar, pegar uma balada, desbravar as cachoeiras, conhecer as famosas Praia de Castelhano e do Bonete, enfim…

Como chegar

Para conhecer Ilhabela, é necessário aprender como chegar (não que exista um segredo aqui). O município fica na altura do centro de São Sebastião, digamos assim, exatamente o ponto em que pegamos a balsa para chegar até ela. Só precisamos sentir o cheiro do mar para encontrar o caminho.

Bom, podemos também dar uma olhada no mapa, para garantir. Para quem sai de São Paulo, o ideal é pegar a Mogi-Bertioga até chegar no litoral, tomando a direção do Rio de Janeiro na Rio-Santos. Do estado do RJ, basta descer do Litoral Sul, fácil assim. É possível também pegar um ônibus de São Paulo na rodovia do Tietê.

Estrutura

Se há um tópico com o qual você não precisa se preocupar em Ilhabela, é com a oferta de hospedagens, restaurantes, lojinhas de souvenires, agências de turismo, serviços para praticar esportes, tudo aquilo que um viajante costuma correr atrás.

Não quer dizer apenas que há restaurantes, hospedagens, mas que há muito de tudo isso, para todos os gostos e intenções.

As variações nas faixas de preços variam demais, com quartos de R$ 50,00 até R$ 1.000,00 (se procurar, vai achar ainda mais caro). O mesmo vale para os restaurantes: pode ser aquele boteco de esquina oferecendo um prato feito, assim como uma especiaria tailandesa muito bem elaborada, se você achar que está numa vibe oriental.

O que fazer

Esse é o nosso ponto fraco: falar da infinidade de atrações espetaculares em Ilhabela com pouco espaço para isso, mas faremos o possível. As praias que devem ficar no seu radar são a da Feiticeira, do Jabaquara, Praia Grande, do Julião, Portinho, a Ilha das Cabras, a do Curral, do Sino, assim como as de Castelhanos do Bonete, mais afastadas, quase intocadas.

Já deu para perceber que é essencial ter um bom tempo na cidade para dar conta de tudo, não? Estamos apenas no começo. Trilhas por dentro da Mata Atlântica para alcançar alguns picos, cachoeiras e praias são experiências lindas de se viver, aconselhamos demais bater pernas por dentro da ilha.

Simpático aos esportes? Vela, windsurf, kitesurf, surfe e mergulho são as atividades oficiais de Ilhabela. Mais do que recomendável aproveitar para fazer um curso profissional de mergulho em uma das escolas locais. Aliás, se tiver a oportunidade, visite a cidade enquanto acontece a Semana Internacional da Vela, o ambiente é muito legal (não esqueça de reservar o quarto com antecedência).

A Vila é um charme só, ideal para aquele final de tarde descompromissado, tomando um sorvete com aqueles sabores meio exóticos. Ali mesmo, estica-se o píer que recebe tantos turistas direto dos cruzeiros, de tudo que é canto do mundo. Bateu a fome? Só escolher onde comer, sem deixar de dar uma olhadela nos possíveis presentinhos para o resto da família.

A noite de Ilhabela depende um pouco mais da temporada, com ótimas festas nos meses mais quentes, boemia rolando solta nos barzinhos e hotéis promovendo festas de ano novo e carnaval com maestria.

Como dissemos, não é tarefa nada fácil esmiuçar os atrativos de Ilhabela de forma resumida. Para tirar todas as dúvidas, nada como realizar a pesquisa in loco e entender exatamente do que estamos falando. O problema vai ser querer voltar para a vida normal.